sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Ciclo de Conferências de Literacia Financeira



Esta foi a primeira de um conjunto de três conferências sobre Literacia Financeira realizada em parceria Escola Secundária Garcia de Orta.

As boas vindas foram dadas pela Presidente do Conselho de Administração da Fundação, Dra. Maria Amélia Cupertino de Miranda, que agradeceu aos oradores a sua presença e de uma forma breve traçou as linhas orientadoras do Projecto onde este Ciclo de Conferências se insere. Referiu ainda a importância deste projecto na quebra de barreiras sociais e culturais, bem como, no rompimento de percepções ao mesmo tempo que se pretende inserir o Museu na comunidade escolar como um recurso de conhecimento e uma plataforma comunicacional.

O Dr. Paulo Lima, Coordenador da DECO Jovem, explorou o conceito de literacia e literacia financeira. Transmitiu, ainda, noções de educação financeira e apresentou o Projecto LIFE: diagnóstico do projecto, princípios orientadores, estratégias e actividades. Ao longo da sua comunicação apresentou vários filmes de apoio à consolidação dos conteúdos que iam sendo abordados.

A Dra. Ana Passos do Gabinete de Apoio ao Sobreendividamento da DECO chamou a atenção para o facto de a exclusão financeira ser o primeiro passo para a exclusão social. Ao longo da sua comunicação desenvolveu o tema do sobreendividamento como sendo a outra face da moeda, identificou o perfil do sobreendividado, e explicou conceitos como TAEG, TAE, spread, taxa de esforço, fiador e avalista, seguro de crédito, juro de mora, euribor, hipoteca e penhora e insolvência familiar. Fez ainda referência aos tipos de crédito, aos perigos associados ao uso de cartão de crédito, deu alguns conselhos para um consumo consciente e por fim, referenciou os “10 mandamentos” da Gestão Financeira.

No final das comunicações houve espaço para debate o que aconteceu sobretudo com as intervenções e questões colocadas pelos alunos da Escola Secundária Garcia de Orta e os alunos do Instituo de Formação Bancária.

Concluímos ainda que este é um assunto de cariz contemporâneo e que deve ser explorado e debatido, particularmente no contexto escolar. Dado o sucesso desta primeira conferência o Museu do Papel Moeda da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, ficou consciente da necessidade de continuar a aprofundar os temas relacionados com a Educação Financeira, nomeadamente em outras faixas etárias.

Nenhum comentário: