quarta-feira, 17 de março de 2010

Ciclo Conversas com Antiguidades

Já pensou no que uma peça antiga lhe pode dizer?
Já alguma vez lhe ocorreu perguntar?
E se pudesse conversar com uma antiguidade?

Com a participação de um grupo de prestigiados especialistas nas áreas de pratas, jóias, marfins e pequenos móveis é possível dar a conhecer o que as peças antigas podem contar e quanto podem valer.

O projecto consiste na realização de um Ciclo de “Conversas com Antiguidades” e dirige-se a todos que tenham interesse em adquirir ou ampliar conhecimentos na área das antiguidades, seja na perspectiva da valorização do património, seja na procura destes valores como investimento alternativo ao investimento puramente financeiro.

As sessões são abertas ao público em geral, sendo que, no caso de pretender trazer uma peça para participar na sessão, deverá realizar a sua inscrição prévia nos termos do regulamento.


PRATAS PORTUGUESAS E ESTRANGEIRAS


27 de Março de 2010 – 15h30

Dr. Luís Castelo Lopes
Leiloeiro, investigador da história da ourivesaria
Administrador do Palácio do Correio Velho, Leilões e Antiguidades S.A.

Prof. Doutor Gonçalo Vasconcellos e Sousa
Professor da Universidade Católica do Porto
Investigador da História da Ourivesaria e Joalharia



PEQUENOS MÓVEIS

17 de Abril de 2010 – 15h30

Dr. José António Proença
Director do Museu Condes Castro Guimarães em Cascais
Investigador da História do Mobiliário em Portugal

João Pinto Ribeiro
Antiquário, Leiloeiro
Presidente do Conselho de Administração do Palácio do Correio Velho, Leilões e Antiguidades S.A.



JÓIAS PORTUGUESAS E ESTRANGEIRAS

8 de Maio de 2010 – 15h30

Henrique Correia Braga
Avaliador oficial
Perito em jóias e pedras preciosas

Dr. Nuno Vassalo e Silva
Subdirector do Museu da Fundação Calouste Gulbenkian
Investigador da História de Arte



MARFINS INDO-PORTUGUESES

3 de Julho de 2010 - 15h30

Dr. Álvaro Sequeira Pinto
Coleccionador, estudioso de antiguidades
Professor na Universidade Católica do Porto

Pedro Aguiar Branco
Antiquário
Investigador da História de Arte


Nenhum comentário: